Adoção à brasileira: Polícia Civil de SC investiga suposta adoção ilegal de criança em Rodeio

A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Ascurra, no dia 19 de novembro, próximo das 11h, prendeu em flagrante de delito duas pessoas pelo suposto cometimento do crime previsto no Art. 242 do Código Penal. As diligências foram realizadas em uma residência localizada na Rua Leonardo Pretti, na localidade Rodeio 12, em Rodeio. Neste imóvel, foi encontrada uma criança de aproximadamente dois meses de idade e que estaria residindo no local como se fosse filha do casal. 
 
Durante investigações, foi constatado que a criança seria filha de uma mulher que reside na cidade de Curitiba e que o local de nascimento foi a cidade de São Bento do Sul, sendo que após isso a criança teria sido colocada à disposição do casal, moradores da cidade de Rodeio, que vinham acompanhando toda a gestação. No imóvel, a Polícia Civil constatou que existiam diversos elementos comprovando que a criança residia naquele local, tais como: quadros, berço, brinquedos, roupas, objetos de higiene e lembrancinhas. Com base nas informações obtidas pela Polícia Civil, constatou-se que o casal estaria ocultando a criança para realizar a chamada "adoção à brasileira". As investigações continuam em andamento para identificar se houve alguma espécie de pagamento pela criança para a sua genitora biológica.
 
O casal foi detido em flagrante por policiais civis de Ascurra e conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil para lavratura do competente auto de prisão em flagrante perante o Delegado de Polícia Civil Dr. Ronnie Reis Esteves, ficando assim à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Ascurra.
 
Fonte: Divulgação / Reprodução - Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Ascurra
Foto: Divulgação / Reprodução - Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Ascurra

Data: 20/11/2020
2017 - Todos os Direitos Reservados à Rádio Pomerode.
Site desenvolvido por:
Alho-poró e DM System